Menina Curiosa

____________________________________________________________

Eu sou a Velha Menina. O meu cabelo é uma teia de aranha com gotas de orvalho...

___________________________________________________
Domingo, 15 de Julho de 2007

Cartas de Amor

Hoje o dia acordou em lágrimas.

Porque choro tanto o meu actual estado, "recém-solitária" de uma relação que solitária foi desde o início? É ser-se humano...ou estúpido?

O Verão hoje estava forte, o sol, calor, cheiro a férias...tudo foi demais para mim e recolhi à minha toca, perante as insistências dos amigos que teimavam em arrastar-me para a Vida.

Recolhi-me.

Solitária.

Um acidente doméstico fez-me descobrir esquecido no fundo de um armário um velho bau. Emanava um aroma doce e quente.

Estava cheio de cartas de amor (ridículas) de um há muito esquecido amor.

Cartas, na era do webmail!

Cartas escritas com uma "Bic laranja para escrita normal".

Cartas vibrantes, cheias de "Minha Querida", "Meu Amor", "Adoro-te".

Planos de futuro, sonhos a dois...

Uma das cartas terminava assim: "És a melhor companheira que existe e eu sou o homem mais feliz do mundo por ser teu".

Secaste-me as lágrimas, meu amor esquecido no passado.

Mentira.

De ti ficou-me a recordação de me sentir amada. Sentir-me desejada e apreciada como Mulher.

Nunca senti o mesmo nesta recém terminada e desgastante relação.

Então porque choro eu, que nunca senti o amor dele? Apenas o controle.

Estou a tornar-me ridícula...sem ser por amor...

Até que encontrei o baú.

Meu amor do passado, as tuas cartas de amor (ridículas) secaram-me as lágrimas.

Porque alguém, perdido na contagem do tempo, um dia escreveu para mim ridículas cartas de amor.

Mas ridícula seria eu, se não tivesse na vida cartas de amor. Ridículas.

 


 

 

 

 

 


In the mood:
música: Are you lonesome tonight - Norah Jones tribute to Elvis

publicado por A Velha Menina às 01:12

link do post | favorito

De Pedro de Sousa a 14 de Agosto de 2007 às 15:05
Ola

Nenhuma carta de amor é ridicula, bem pelo contrario... são cheias de sentimento...

O que é errado é pensar-se que as coisas são "para sempre"... costumo dizer que um casamento é como um Y - tudo bem ate um dia, em que todos começamos a divergir...

Ele mudou? muito bem. E Tu? não terás mudado tambem?

De qq dos modos só tens uma vida... se o homem em questão não te serve (e pelos vistos não) só tens uma solução: levanta a cabeça e olha em frente...

Lembra-te de Ovídeo "só um homem feliz terá muitos amigos"... ou mulher, evidentemente

Beijinhos


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

____________________________________________________________

Eu sou a Velha Menina. O meu cabelo é uma teia de aranha com gotas de orvalho...

___________________________________________________

whoamI

posts recentes

Guernica em 3D

O Efeito-Madrasta parte I...

Aquarela do Brasil

Dá-me o telemóvel já - po...

O Efeito-Madrasta parteII...

Alunos, Professores e pos...

Reis Magos

Meravigliosa creatura

Mozart em tentativas...

Mistérios da gestão dos h...

Saltos Altos

Sonho

Ainda as cheias

E porque hoje é sexta-fei...

O efeito-madrasta parteII

O efeito-madrasta parte I

Ópera Das Märchen de Emma...

A carga da ASAE

A lei do tabaco

Afinal havia outra

Eu nunca tive um Reveillo...

...

Troca de personalidade...

Presente de Natal

Coração partido mata

Em defesa da Língua Portu...

Morra o acordo, morra. Pi...

Quem não gosta de ópera?

Depoimento de Rita Lee

Alea jacta est

Mulheres retratadas em gr...

A prepotência dos médicos...

Desculpem, mas eu gosto d...

Por terras de Sua Magesta...

O TAO que gere Amor/Ódio

O todo e as partes

Mas se a vida continua...

A vingança da papelada

A terrível palavra "JÁ"

Sogra

O dia do teu divórcio

A vogal i quer ir embora

Como aprender a escrever ...

Aprender Geografia

Os Portugueses e Portugal

Os Portugueses e a Cultur...

Ecologia, Produtos Natura...

Insónia

A evolução da sociedade

Se encontrar uma ilha, pa...

arquivos

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


participar

participe neste blog

favorito

Eu nunca tive um Reveillo...

... minha homenagem, prof...

Obrigado...

E quando acaba a relação?

Mulher Fantástica

Amor, ou Nem por Isso?

Promessas, relíquia, vaid...

Porque não acredito em ps...

medo da solidão

Via Sacra da Hipocrisia

pesquisar

 

subscrever feeds