.

Praise me

Add to Technorati Favorites

Menina Curiosa

____________________________________________________________

Eu sou a Velha Menina. O meu cabelo é uma teia de aranha com gotas de orvalho...

___________________________________________________
Terça-feira, 21 de Agosto de 2007

Os Portugueses e a Cultura

Imagem da Internet

"Ninguém lê neste país, ninguém vai a um museu, poucos visitam monumentos; os actuais museus mais parecem centros de organização de eventos do que outra coisa." do blog de Pedro Ruella.


Outra maravilha do ser português.

 

Kunsthistorisches Museum - Imagem da Internet


Ir a um museu é só para desempregados, reformados ou dondocas. Já alguém percebeu porque há tantos museus fechados ao Domingo? Eu não.
O British está sempre aberto e ao Domingo a entrada é grátis, o Kunsthistorisches em Viena tem um dia em que fecha às 21 horas, o museu Van Gogh fecha às 22 horas às sextas-feiras, o próprio Louvre facilita mais e (felizmente) poderia dar muito mais exemplos fora de Portugal.

 



Entre nós, Domingo é para descansar.

 

E a partir das 17 horas nos dias em que se dignam estar abertos, portas fechadas e o visitante corrido. E não esquecer o intervalo para o almocinho...
Visitar um museu em Portugal necessita de um planeamento elaborado.


Depois vem o choradinho da falta de verbas.
Os museus não têm verbas? Criem-nas!
Em vez de estender a mão ao estado-papá, criem meios de rendimento.

 

Kunsthistorisches Museum Restaurant - Imagem da Internet


Em qualquer museu por essa Europa fora, desde aulas e entretenimentos para adultos e crianças, até às lojas de recordações e cafeterias, há de tudo para rentabilizar o espaço.

 

Imagem da Internet


Por cá, a pindérica lojinha de qualquer museu não passa de uma vitrine com umas inutilidades tão caras que até arrepia.

 

Van Gogh Museum Shop - Imagem da Internet

 


E aulas ou cursos de pintura, literatura, história da arte, restauro, digitalização de pergaminhos...isso é ficção em Portugal.

 

 

 

 

 

Imagem da Internet

 

No Victoria&Albert há salas próprias para recriar o que se visitou e um questionário/puzzle para os mais novos. Um modo subtil de lhes dar uma aula. Que tal adoptar a ideia ?


 

   Study day at Victoria&Albert Museum

Imagem da Internet

 


Quanto a ler...

 

Imagem da Internet


Abençoada internet! Sempre posso pedir os livros na língua original (desde que não seja alemão ou japonês...), que eu felizmente ainda sou do tempo em que o Ministério da Educação não acreditava que as criancinhas apanhassem um esgotamento cerebral por aprenderem duas ou três línguas estrangeiras.
As nossas editoras resolveram publicar todo o romance-tablóide de caracter digestivo que encontram. Há títulos e autores que nunca cá chegam.
E para a edição ser mais barata, contratam tradutores não sei de que nacionalidade, mas portugueses não são de certeza.
Desde expressões idiomáticas traduzidas à letra, até erros de ortografia, tudo se publica, sem revisão nem respeito pelo leitor. Houve gente guilhotinada por menos na revolução francesa!


E espectáculos? Ópera, teatro?
Devem ser miragens, impossíveis, impensáveis.

 

Imagem da Internet


Estou cansada da Traviatta ...todos os anos invariavelmente volta ao cartaz...e eu que queria assistir a outras coisas...


Isto, de novo, é fruto do "deixa-andar" português. Mal aterrei em Viena, logo no aeroporto havia uma enorme oferta de espectáculos, o difícil era escolher. (O mesmo em Londres, Paris, Amesterdão...Tácticas para angariar público, merchandising, o que for, mas eles conseguem.)
Mas nem precisei de me procupar: o hotel tinha o serviço de marcação on-line e táxi gratuito. Assisti todas as noites a espectáculos de ballet, récitas, ópera, sem precisar de andar à procura.
Chama-se a isto organização e espírito empreendedor.


Em Portugal será que o S.Carlos ou o D.Maria estão associados aos hotéis, universidades, empresas?
No aeroporto de Lisboa só me lembro de anúncios para os espectáculos do Filipe la Feria.
Pois...


Vencidos da Vida - Imagem da Internet


Azar o meu, pertenço a uma minoria olhada com desdém "porque tenho a mania que sou intelectual" e ainda não fui a Varadero nem a Cancun e não me apetece ir...

 

Imagem da Internet


Mas gostava muito de poder visitar o Museu das Janelas Verdes em dias e horas acessíveis a quem trabalha e tem filhos a estudar.


 


 


 



In the mood: Farta deste estado das coisas
música: Sonata em C maior Mozart - Lang Lang

publicado por A Velha Menina às 00:55

link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Alcaide a 6 de Setembro de 2007 às 00:36
Magnífico. Este não é post de "gozo"...Não tenho blog, mas era capaz de copiar!


De A Velha Menina a 6 de Setembro de 2007 às 21:11
Caro Alcaide,

Tem a minha permissão para o fazer.
E se quiser iniciar uma "cruzada-anti-estupidificação", tenho todo o prazer em apoiar. Há mais quem pense como nós e seja contra este estado de coisas.

Cumprimentos e volte sempre




De Anónimo a 24 de Outubro de 2007 às 17:24
Este é de mestre.
Na verdade os horários da maior parte das bibliotecas e museus são ridículos - é preciso estar desempregado para poder usufruir deles - mas ninguém contesta - ou quem contesta não faz barulho; mas experimente-se fechar um hipermercado ou, pelo menos, limitar o horário de funcionamento - aqui d'el rei que vai a casa abaixo porque quando e a que horas é que se hão-de ir comprar os yogurtes para a criancinha que só pode comer os de determinda marca - por sinal aqueles de yogurte só têm o nome!
Quanto aos livros e respectivas traduções - para não falar em filmes e séries televisivas, também opto sempre que possível pela versão original - em francês, inglês e espanhol - até porque, normalmente, saem mais baratos, encontram-se edições de bolso que ocupam um pouco menos espaço - que lá em casa as pilhas de livros vão crescendo à míngua de espaço nas estantes, além de que, com as actuais traduções, sempre convém dominar o idioma do autor porque corremos o risco de não saber o que significa "invernadeiro" e de não estar a ver qual o problema de um personagem sair à rua de "albornoz" (isto na mesma obra); interrogo-me bastas vezes sobre o facto de a tradução ter sido feita por um suposto especialista a quem falham coisas que não passam despercebidas a um leigo - como é o meu caso; e as expressões idiomáticas, as metáforas, isso nem vale a pena lembrar !


De A Velha Menina a 26 de Outubro de 2007 às 02:17
Pois, tens toda a razão.
E além das hediondas traduções com que nos presenteiam, ainda temos de aturar os "à quanto tempo" e "estou aqui há espera"...
Tenho vontade de criar um movimento contra a iletracia.
Beijos


Comentar post

____________________________________________________________

Eu sou a Velha Menina. O meu cabelo é uma teia de aranha com gotas de orvalho...

___________________________________________________

whoamI

posts recentes

Guernica em 3D

O Efeito-Madrasta parte I...

Aquarela do Brasil

Dá-me o telemóvel já - po...

O Efeito-Madrasta parteII...

Alunos, Professores e pos...

Reis Magos

Meravigliosa creatura

Mozart em tentativas...

Mistérios da gestão dos h...

Saltos Altos

Sonho

Ainda as cheias

E porque hoje é sexta-fei...

O efeito-madrasta parteII

O efeito-madrasta parte I

Ópera Das Märchen de Emma...

A carga da ASAE

A lei do tabaco

Afinal havia outra

Eu nunca tive um Reveillo...

...

Troca de personalidade...

Presente de Natal

Coração partido mata

Em defesa da Língua Portu...

Morra o acordo, morra. Pi...

Quem não gosta de ópera?

Depoimento de Rita Lee

Alea jacta est

Mulheres retratadas em gr...

A prepotência dos médicos...

Desculpem, mas eu gosto d...

Por terras de Sua Magesta...

O TAO que gere Amor/Ódio

O todo e as partes

Mas se a vida continua...

A vingança da papelada

A terrível palavra "JÁ"

Sogra

O dia do teu divórcio

A vogal i quer ir embora

Como aprender a escrever ...

Aprender Geografia

Os Portugueses e Portugal

Os Portugueses e a Cultur...

Ecologia, Produtos Natura...

Insónia

A evolução da sociedade

Se encontrar uma ilha, pa...

arquivos

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


participar

participe neste blog

favorito

Eu nunca tive um Reveillo...

... minha homenagem, prof...

Obrigado...

E quando acaba a relação?

Mulher Fantástica

Amor, ou Nem por Isso?

Promessas, relíquia, vaid...

Porque não acredito em ps...

medo da solidão

Via Sacra da Hipocrisia

pesquisar

 

Contador on-line

online

Contador Numérico

clasificados
clasificados

It's a small world after all

   

subscrever feeds