.

Praise me

Add to Technorati Favorites

Menina Curiosa

____________________________________________________________

Eu sou a Velha Menina. O meu cabelo é uma teia de aranha com gotas de orvalho...

___________________________________________________
Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Promessas, relíquia, vaidade

 

 

Promessas e mais promessas.

Muitas.

Depois o silêncio. Mas...mas...

"Mas o quê? Estou aqui, não estou?"

 

Não.

Nunca estiveste.

Desde o início. A tua insegurança necessitava sempre da aprovação do ventre estéril de mulher velha e seca, nunca parida nem amada.

E tu deixavas-te enganar.

Ela prometeu-te a lua.

Tu acreditaste.

Ela vendeu a lua e prometeu-te um asteróide.

Tu acreditaste.

Ela desfez o asteróide e prometeu-te o pó.

Tu acreditaste.

 

E nós, que nunca fomos nós?

E nós, que nunca existimos?

E nós, que não tínhamos os nossos sonhos e planos. Só os dela. Cada vez mais velha, seca e amarga.

Cada vez mais "matriarca".

 

Cansei-me desta relíquia bolorenta e manipuladora.

Fartei-me da figurinha seca e insignificante que manobrava na sombra.

Porque tive de casar com ela também?

 

E também me cansei de não seres Homem.

Achei rídicula toda a tua pose, gabarolices, vaidades, tráfico de influências que nunca tiveste...e entravas em casa sempre de bochechas descaídas, vencido da vida, mais uma vez desempregado a exigir-me sacrifícios.

 

E eu cumpria.

Mas por dentro, tinha vergonha de ti.

Vergonha de tanta vaidade sem razão.

Vergonha de não assentares.

Vergonha de não cresceres, de pensares que bastava o nome de um antepassado para te abrir a vida.

Vergonha da nossa vida fingida.

 

E cansei-me de não seres Homem.

Cansei-me de ti e do teu silêncio.

Cansei-me de nunca me dizeres que era importante na tua vida.

Cansei-me de nunca me dizeres que tinha feito algo bem.

Cansei-me de ser tratada como se fosse a pessoa mais estúpida do mundo.

Cansei-me de ser usada por ti.

Cansei-me de procurar Amor onde só havia um ser oco e cuja vaidade eu alimentava.

 

Fartei-me da tua necessidade de aprovação da eterna maquiavélica relíquia.

Fartei-me de não ter futuro.

 

Desesperei de ouvir "não te chega?"...quando até tinha de pagar as prendas que me davas...a gozar, carrinhos de brinquedo. Ou da pulseira que me entregaste num embrulho desfeito por outro alguém...Não sabes, mas nunca a usei, não era para mim. Tu não sabes que eu sei.

 

E o teu ar engravatado de importante,  fresco pela manhã...depois de noites vazias...nada...nada...nada!

 

Cansei-me de estar casada sem o estar.

Sem companheiro que se esforçasse por mim.

Sem um ombro amigo.

Cansei-me de te ver derramado no sofá em frente da TV.

Cansei-me dos teus pés que não paravas de esfregar!

Cansei-me de seres gordo ...e vaidoso.

Cansei-me do teu ar de superioridade, como se detivesses a verdade universal...e depois lá ias, de orelha murcha, pedir mais uma benção à titi-relíquia.

 

E tinha vergonha de ti por seres diferente e indiferente.

Cansei-me das noites sem nada.

Cansei-me da lingerie, dos perfumes e das velas...para nada!

Cansei-me da comida picante, exótica e erótica...para nada!

Cansei-me de passar as noites sozinha na tua digestão do jantar...

Cansei-me de não ter manhãs de domingo.

Cansei-me da minha solidão presa num casamento que nunca o foi.

 

Acabou por fim!

Ironia: tenho de agradecer esta libertação à relíquia, que sempre quis desfazer este nó e por fim conseguiu.

 

Tu, figura oca de vaidade, vira a página e segue a tua vida.

Eu estou farta de ser virgem!

 

 


 

 

 


 

Technorati Profile

In the mood:
música: I want to break free - Hitler singing Queen

publicado por A Velha Menina às 01:07

link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De Infiel a 11 de Julho de 2007 às 13:56
É necessario coragem para sair de um casamento, e fico feliz por saber que mais uma mulher, se encontrou o suficiente para saber que, um casamento é a dois, dentro de um só. Quando se caminha sózinha, melhor mesmo... dormir sózinha.
Não é facil mas, depois a vida tem um sabor muito mais doce!!!


De A Velha Menina a 14 de Julho de 2007 às 22:09
Obrigada infiel.
Fui ao teu blog e echei-o muito interessante. Posso adicionar-te?

Bjs


De Infiel a 15 de Julho de 2007 às 02:27
Claro será um prazer estar mais perto de ti


Comentar post

____________________________________________________________

Eu sou a Velha Menina. O meu cabelo é uma teia de aranha com gotas de orvalho...

___________________________________________________

whoamI

posts recentes

Guernica em 3D

O Efeito-Madrasta parte I...

Aquarela do Brasil

Dá-me o telemóvel já - po...

O Efeito-Madrasta parteII...

Alunos, Professores e pos...

Reis Magos

Meravigliosa creatura

Mozart em tentativas...

Mistérios da gestão dos h...

Saltos Altos

Sonho

Ainda as cheias

E porque hoje é sexta-fei...

O efeito-madrasta parteII

O efeito-madrasta parte I

Ópera Das Märchen de Emma...

A carga da ASAE

A lei do tabaco

Afinal havia outra

Eu nunca tive um Reveillo...

...

Troca de personalidade...

Presente de Natal

Coração partido mata

Em defesa da Língua Portu...

Morra o acordo, morra. Pi...

Quem não gosta de ópera?

Depoimento de Rita Lee

Alea jacta est

Mulheres retratadas em gr...

A prepotência dos médicos...

Desculpem, mas eu gosto d...

Por terras de Sua Magesta...

O TAO que gere Amor/Ódio

O todo e as partes

Mas se a vida continua...

A vingança da papelada

A terrível palavra "JÁ"

Sogra

O dia do teu divórcio

A vogal i quer ir embora

Como aprender a escrever ...

Aprender Geografia

Os Portugueses e Portugal

Os Portugueses e a Cultur...

Ecologia, Produtos Natura...

Insónia

A evolução da sociedade

Se encontrar uma ilha, pa...

arquivos

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


participar

participe neste blog

favorito

Eu nunca tive um Reveillo...

... minha homenagem, prof...

Obrigado...

E quando acaba a relação?

Mulher Fantástica

Amor, ou Nem por Isso?

Promessas, relíquia, vaid...

Porque não acredito em ps...

medo da solidão

Via Sacra da Hipocrisia

pesquisar

 

Contador on-line

online

Contador Numérico

clasificados
clasificados

It's a small world after all

   

subscrever feeds